EBAI 2008 – Inteligência Ambiental

Mauro Pinheiro apresentou no EBAI 2008 o tema Implicações da inteligência ambiental para a arquitetura de informação e o design de interação.

Abordou a  pervasividade computacional que vai além do domínio dos computadores pessoais. A idéia é que praticamente qualquer coisa, de carros a roupas, de xícaras de café a casas e ambientes, e até mesmo o corpo humano, possam ser dotados de chips que permitam conectá-los a outros dispositivos em rede.

Conceituou como inteligência ambiental quando o ambiente passa a ser permeado por objetos inteligentes, interagindo constantemente entre si e conosco.

Os objetos inteligentes armazenam e transmitem informações sobre si próprios, sobre sua posição/localização, monitoram seu estado constantemente,  “conversam” com outros objetos, são sensíveis ao contexto, “percebem e “entendem” mudanças no ambiente, podem seguir rotinas pré-estabelecidas, sem necessitar de ação direta do homem.

Veja a apresentação utilizada no evento no slideshare.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s